03 julho 2005

Diz-me lá:

um documento word não faria exactamente o mesmo efeito? Não seria até mais fácil, mais honesto? Então porquê esta mania de (ex)pôr palavras a boiar no meio de um plasma interactivo se são tuas, se são íntimas, sobretudo se não são perfeitas (longe disso)? Não se dá a ler aos outros o que ainda não está escrito, e sabes bem que por aqui há coisas que se vão escrevendo e apagando e reescrevendo, mas escrita, escrita propriamente dita, isso não há. Um documento word, em vez de um blog, e eras muito mais tu própria, muito mais feliz até, com o néon por tua conta e sem o constante sobressalto das visitas imprevistas debruçadas sobre frases que deixaste inacabadas. Era muito mais sossego e eram muito menos nervos, já pensaste? Poder navegar sem rede, abrir e fechar o documento sem este fetiche dos bloguistas que sonham vir um dia a ser escritores - «publish post» - poder mexer no texto todas as vezes que quisesses sem manobras complicadas de template, diz lá se não era bom?! Se não era muito mais inteligente?

1 comentário:

Smartie disse...

Tabém já pensei nisso, alías pensei várias vezes antes de vir aqui "parar" mas de facto redimi-me.

Quando achar que são apenas modas, desisto.
beijinhos