06 julho 2005

Hoje de manhã,

quando passei a caminho do trabalho, ainda estavam aos cochichos

- Aquela parvalhona só quer protagonismo, é o que é, anda a ver se aumenta as visitas e se alguém põe lá um comentário. É que só pode!
- É, é... Sabes, é gente que não tem objectivos nem mais nada que fazer... Isto não é suposto escrever-se quando nos apetece? Não é suposto ser para a malta se divertir?
- O que a gaja precisa é de tratar da cabeça! Olha, a minha Maria, que é psicóloga e precisa de ganhar dinheiro, pode dar-lhe uma ajudinha...
- Trailarai larai larai... Mas que cabecinhas ocas!
- Ela que se cuide, pá, ela que se cuide!
- Santa paciência! Mas ele há gente que gosta mesmo disto, chatear os outros...
- É mas é uma básica do caraças! Oh gentinha mal amada...
- Poizé, poizé, poizé...

Mas será que estas alminhas ainda não têm internet? Passar os dias à janela no cochicho com as vizinhas! Valha-nos Santa Cita, pá!

3 comentários:

dr. singelo disse...

sem complacência nem piedade, a prosa merece duros reparos, porque podia voar e não voa, porque podia ser música mas não é:

lentos arrepios de ausência
tua voz profunda e doce
O vento (...)segreda-me o outono que há-de vir

tudo lugares comuns, a empobrecer um texto onde se esperava
que a demência semeasse imagens mais poderosas, mais perturbantes... De terror? Talvez...

'Chamo aos gritos por ti - não me respondes
Bejo-te as mãos e o rosto - sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio...'

Bela imagem, não? 'Ou és outra, ou me enganas...' Palavras dementes
de tanto espanto, de tanta dor, dementes perante o que é impossível de aceitar! Mas já perdi tempo demais contigo, filha, não sei porquê, talvez mereças. Receito-te: duas páginas de Herberto Helder antes do deitar; meio canto da Odisseia ao acordar. Boas leituras.

Dr. Singelo

Santa Cita disse...

Ah!

aNa disse...

eh pá!!
tu és mas é uma ganda cínica!!
com que então, não tinhas nada a ver com os comentários!!!
será que não tens mais nada para fazer?
ah... e escusas de ir para o meu blog com bocas porque eu não dou troco a merdas, fiz-me entender?