02 julho 2005

Exma. Senhora,

Depois de uma leitura atenta do seu blogue «conta-me tudo outra vez» - e do outro anterior que consta em link ali na coluna ao lado, «conta-me tudo» - constatei que sofre, seguramente, de várias perturbações. Nomeadamente, de uma perturbação de personalidade, que creio seja dupla, ou mesmo tripla, embora não seja de excluir um quadro de esquizofrenia patológica, onde registei a ocorrência de visões e alguns ataques de histeria. Nessas condições, e como certamente compreende, não posso permitir que continue a ludibriar gente inocente que, com a melhor das intenções, aqui vem dar, dando afinal de caras com uma louca alucinada. Acredito, além do mais, que a total ausência de juízo que revela através da sua escrita aponta, entre outras coisas, para um pré-estado de demência que, se não se atalhar a tempo, irá mergulhá-la numa confusão mental irrecuperável. Por tudo isto, e porque, confesso, me agradaria estudar o seu caso mais a fundo, tomei a decisão de a internar.
Assim, estarei em sua casa amanhã cedo, munido de camisa de forças e calmantes - já prevendo que poderá não querer colaborar - e eu próprio a acompanharei às instalações onde sugiro que fique a repousar durante uns tempos.
Certo de que estou a fazer o melhor que sei e posso pela sua felicidade, subscrevo-me atentamente,

Miguel Bombarda

5 comentários:

gonçalo disse...

e tu vais?!!!

sophia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
eu disse...

eu vou... mas é dormir! que já passa da 1h00 e amanhã tenho cá vinte putos a lanchar e o meu filho, que faz anos, não tem culpa de ter uma mãe tarada que vomita um post atrás do outro, em jeito de esquizofrenia galopante, isto depois de pelo meio já ter feito 45 copinhos de gelatina de pêssego, morango e tuti fruti, dois salames de chocolate e uma mousse de manga. deve ser das tais visões, ou então dos ataques de histeria, o que é que achas?

eu disse...

ops! desculpa! esqueci-me que tu não existes... mas olha que fazes boa companhia. não queres cá vir lanchar? o p. ia gramar que nisso sai a mim: grama gajos invisíveis!

Amélia disse...

Esse Miguel não percebe nada de nada. Não te deixes dominar! Resiste! Resiste!